Versão 2.3 entra no ambiente de testes do eSocial em 10/10

Versão 2.3 entra no ambiente de testes do eSocial em 10/10

Ambiente de Produção Restrita ficará fora do ar no dia 09/10 para ajustes no sistema e data de início da aplicação da versão 2.3 passa para 10/10.

 

Inicialmente prevista para 09/10, a entrada da versão 2.3 como versão oficial do ambiente de testes do eSocial foi transferida para 10/10, conforme retificação divulgada no portal oficial do eSocial.

Na prática, para as empresas que estão utilizando o ambiente de testes, os eventos já enviados por elas serão excluídos da base de dados e deverão ser reenviados, utilizando-se a nova versão de teste (2.3).

As principais novidades desta versão são a fusão dos eventos de cadastramento inicial e admissão no S-2200, o novo evento S-1295 – Solicitação de Totalização para Pagamento em Contingência e o retorno do processamento da admissão com as informações do contrato de trabalho.

Para quem ainda não está utilizando o ambiente de testes…

A menos de 3 meses da data definida pelo governo para utilização obrigatória do eSocial pelas empresas (01/01/2018), uma notícia desta significa que o cumprimento da data prevista deverá ser efetivamente exigido das empresas, confirmando o que já vem sendo sinalizado pelos agentes atuantes na preparação do eSocial que representam os diversos entes do Governo que terão acesso a essa base de dados.

E também confirma o que temos alertado e orientado neste espaço há bastante tempo.

A data de implantação em 1° de janeiro de 2018 vale para empresas que obtiveram faturamento superior a R$ 78 milhões anuais em 2016. Estas, é possível assegurar, se ainda não têm uma base de dados bem organizada, atualizada, com processos e práticas de administração de pessoal aderentes à legislação, deverão encontrar sérias dificuldades para atender aos requisitos do eSocial.

A partir de agora o tempo é muito mais curto, o estabelecimento de prioridades mais crítico e os custos envolvidos para a preparação mais elevados. Até porque, o que poderia e deveria estar fragmentado em todo este período em que o eSocial vem sendo divulgado, vai ter que se transformar em esforço concentrado com pouquíssimo tempo de realização.

Este último detalhe, além de tudo, aumenta a possibilidade de erros, que podem expor as empresas que neles incorram a ônus decorrentes do cruzamento de informações, fiscalizações, autuações, etc. já que a base de dados ficará disponível online, todo o tempo, para Secretaria da Receita Federal do Brasil – RFB, Caixa Econômica Federal, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS e Ministério do Trabalho – MTb, porque o projeto eSocial é uma ação conjunta destes órgãos e entidades do governo federal.

Para as demais empresas o prazo é 1º de julho de 2018. O que é uma vantagem, não tanto pelo maior tempo para preparação, mas, principalmente, porque poderão aprender e se precaver a partir das notícias sobre os problemas das empresas (mal) preparadas para a entrada de dados obrigatória em 1º de janeiro.

E utilizar o tempo disponível a seu favor.

Ficou em dúvida, quer maiores orientações quanto a esta notícia ou quanto aos passos a seguir para uma adequada implantação do eSocial em sua empresa, entre em contato conosco.

Acesse aqui à notícia oficial no portal do eSocial.

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *